Um consenso que temos na sociedade e nas diversas culturas é a convicção de que mais cedo ou mais tarde todos nós morremos. A morte é umas das poucas certezas absolutas que temos nesta vida. As diferentes culturas encaram de modo diversificado este tema, mas todos elas sem exceção, enxergam a morte como um momento de dor, buscam respostas e alívios para encararem um drama inevitável da existência.

Leia mais:A morte como drama existencial e...

É triste, mas é verdade: aproximadamente 57 mil mulheres descobrem ter câncer de mama todo ano no Brasil, de acordo com o INCA. Eu fui uma dessas mulheres. Mais que números, são milhares de vidas atingidas fortemente por uma doença que faz sofrer quem a tem e quem está ao lado.

Leia mais:Outubro Rosa

“Esta é a vontade de Deus: a vossa santificação” (I Ts 4,3a). Assim, como nosso primeiro santo brasileiro, santo Antônio de Sant’Anna Galvão, o Frei Galvão–, lutou e alcançou essa graça, nós também podemos obtê-la.

Leia mais:Santidade é para todos

Francisco, o de Assis, tinha uma repulsa imensa pelos leprosos, nojo mesmo. Aversão pela então doença fatal e contagiante, que apodrecia a carne dos enfermos, desfigurava seus rostos e causava mau cheiro. Mas, como o jovem que queria vestir as mesmas vestes e comer a mesma comida dos pobres poderia evitar os mais miseráveis de todos?

Leia mais:O Novo Beijo de Francisco

Dizer que teríamos o mundo na palma da mão, há uns 20 anos, parecia exagero. Porém, pesquisas feitas na última década mostram que é cada vez maior a tendência de se estar conectado a qualquer hora, tempo e lugar. Estamos diante de uma geração conectada, que tem o smartphone como extensão de suas mãos.

Leia mais:A Bíblia no contexto digital

Quem já plantou uma semente e esperou os dias passarem para vê-la germinar, nascer e desabrochar, sabe dar mais valor a um campo florido! Provavelmente também aprendeu a respeitar o processo que a vida exige para ser plena. A natureza sabe que cada coisa acontece no seu devido tempo e entre dias e noites, contempla silenciosa a transformação em seu seio, sem jamais ter pressa para colher os frutos. É por isso que as flores da primavera são também sinais de etapas superadas, ciclos que se completam e, ao mesmo tempo, começam no eterno movimento que é a vida.

Leia mais:O "tempo" da primavera

Em meados da década de 1950, século XIX, a fotografia já havia se beneficiado dos avanços técnicos, químicos e óticos que lhe permitiram abandonar os estúdios e avançar para a documentação imagética do mundo, com o "realismo" que a pintura não conseguia. A fotografia beneficiava-se também das noções de "prova", "testemunho" e "verdade", que à época lhe estavam profundamente associadas e que a credibilizavam como “espelho do real”.

Leia mais:Fotografia: fragmento do passado que...

É preciso ler a Bíblia todos os dias, sem falta. É exigente? Não! Ao ler, você percebe que, assim como você não fica sem banho, não ficará sem a Bíblia.
Mas, ler a Bíblia todos os dias requer disciplina. E na vida, ninguém consegue nada sem esforço. Que o digam os artistas e as mães! Logo, para tudo é exigido empenho e luta, em particular neste campo, quando enfrentamos uma tremenda batalha espiritual.

Leia mais:Bíblia: ensinamentos de salvação

Expediente

Seg. a sex. 09h às 18h, Sáb. 9h às 12h
E-mail: secretaria15pnsa@gmail.com
Tel.: (22) 2643-0082

Bênção do Santíssimo Sacramento

Qui., às 18h (antes da Santa Missa), na Matriz Histórica

Batismo

Inscrições às terças, das 09h às 12h e 14h às 17h, na Matriz Histórica

Bênçãos de objetos (veículos, casas e outros)

Marcar previamente na Secretaria Paroquial

Matrimônio

Informações e entrega de documentos na Sec. Paroquial com a presença dos noivos