No dia 21 de outubro acontecerá o Encontro do Regional Leste I para Comunicadores, no Centro de Estudos Paulinas em Niterói, das 9h às 13h. Durante o evento, pontuais participações  de Dom José Francisco e Dom Luiz Ricci da Arquidiocese de Niterói. Promover a unidade, formar, articular e educar os comunicadores são os objetivos centrais do evento, que está com as últimas vagas disponíveis.

O encontro de 2017 tem como tema: Educar para a Comunicação – Testemunhando a fé no ambiente digital, com o objetivo de apontar as realidades urgentes da evangelização, e ainda, alentar a presença cristã nos espaços virtuais.

Para essa importante tarefa, contamos com as presenças confirmadas de Irmã Helena Corazza, Paulinas, e de Filipi Peclat, Hesed Comunicação. O jornal Niterói Católico entrevistou, com exclusividade, a Irmã Helena, que contou um pouco como será esse encontro.

Jornal Niterói Católico – Quem é a Irmã Helena Corazza?

Irmã Helena Corazza – Religiosa da congregação das Irmãs Paulinas, cujo carisma é a evangelização pela comunicação. Ama sua vocação na vida consagrada a serviço da evangelização. Nesse sentido, a formação e a missão da irmã são na área de humanidades. Formada em Letras, Teologia, bacharel em Comunicação Social, habilitação em Jornalismo, mestrado e doutorado na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).  Atuação profissional pastoral na produção de conteúdos para revistas, rádio, televisão, tendo sido apresentadora de programas de rádio e TV; produz para Redes Sociais. Escritora, com diversas obras pastorais publicadas,  como: Acolher é comunicar –  Como trabalhar o ministério da AcolhidaRosário em famíliaA comunicação nas celebrações litúrgicasPastoral da comunicação diálogo entre fé e culturaHomilia. Espaço para comunicar esperançaEducomunicaçãoformação pastoral na cultura digital. Muitos artigos publicados, entre eles, “Dispositivos móveis na Educomunicação: um olhar a partir do cotidiano de agentes pastorais”, no livro Educomunicação. Os desafios da aceleração social do tempo. Todos os seus livros foram publicados por Paulinas.

NC  Irmã, fale um pouco sobre educomunicação.

Irmã Helena – Educomunicação é uma palavra que reúne os conceitos da comunicação e da educação, também entendida como Educação para a comunicação. É uma área de pesquisa que se desenvolve nas universidades, entre elas, a ECA-USP. A preocupação da Educomunicação é trabalhar uma comunicação com valores humanos e cidadãos, que coloca o ser humano como processo da comunicação.  O Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil, no Capítulo 9, trata da Educação para a comunicação, e aponta um caminho também para as pastorais: educar-nos para um  processo dialógico e participativo, um senso crítico, diante das mensagens que recebemos, e preparar-nos para a produção da comunicação.

NC  Irmã Helena, gostaria que a senhora falasse um pouquinho sobre seu livro Formação Pastoral na Cultura Digital. 

Irmã Helena – Este livro sistematiza um trabalho da educação para a comunicação, na formação de agentes pastorais, educadores e profissionais da comunicação. São cinco capítulos, que abordam a Educomunicação e a formação pastoral; resgata o que os documentos da Igreja falam sobre a formação, suas orientações e trajetória; fala das linguagens na comunicação e nos modos de narrar. Apresenta uma metodologia integrada, que envolve o pensar, o produzir e o conviver, importantes para o processo participativo e a reflexão. Uma ênfase é colocada no ser humano, enquanto sujeito do processo da comunicação.

NC  Irmã, no Multicom, a senhora falou que a educomunicação tem princípios e atitudes. Quais são eles?

Irmã Helena – Eu falo da Educomunicação como estilo de vida, mais do que técnicas, ou seja, entendo que os parâmetros da Educação para a comunicação, que respeitam o ser humano como sujeito do processo, que pratica o diálogo e a participação, que trabalha ações eficazes precisam ser atitudes e não apenas técnicas. Em outras palavras,  o agente pastoral precisa viver o que prega, e a palavra ser acompanhada pelo testemunho, pelo seu modo de ser.

NC  Irmã Helena, em seus livros, a senhora fala em educar o leitor, telespectador ou ouvinte para ser um leitor crítico. A senhora considera que o ouvinte de uma estação de rádio, o telespectador, o navegador de portais, sites e redes sociais são educados para fazer uma leitura crítica dos conteúdos?

Irmã Helena – Mais do que nunca precisamos manter um processo permanente de educação para a comunicação. Há pessoas conscientes, que têm distanciamento crítico diante das diversas mídias, mas há também atitudes radicais e até emocionais, que demonstram um ouvinte, telespectador, leitor, internauta que precisa de mais formação. Creio que esta é uma missão que precisa começar na família, continuar na escola, nos grupos dos quais participamos e nas pastorais.

NC – Onde pode ser aplicada a educomunicação?

Irmã Helena – A Educomunicação é um caminho aberto, que dialoga com as diferentes áreas do conhecimento, como a educação formal e informal, o meio ambiente, as mídias, entre outras. Acabamos de lançar um livro, Educomunicação. Os desafios da aceleração social do tempo. Por isso, falamos de interface com os diferentes temas que nos interessam. O objetivo é refletir, articular-se e promover ações que transformem nosso modo de pensar e a realidade, em favor de uma sociedade mais humana e democrática.

NC  Irmã, seu convite para o encontro de comunicadores do Regional Leste I no dia 21 de outubro e uma mensagem final aos leitores do Niterói Católico.

Irmã Helena – Tenho alegria de participar do Encontro do Regional Leste 1, e espero encontrar todos vocês. Será um momento de encontro, alegria e reflexão, para melhor servir a Igreja em nossa missão evangelizadora.

Ainda restam algumas inscrições, os interessados devem acessar o site: arqnit.org.br. Depois de preenchido o formulário, os pedidos serão analisados e respondidos. Todos os profissionais da área de comunicação, bem como membros da PASCOM e outros interessados no tema, podem se inscrever.

Durante o evento, haverá sorteio de brindes e oferta de produtos relacionados com os temas em questão.

Faça aqui sua inscrição.

Expediente

Seg. a sex. 9h às 18h, Sáb. 9h às 12h
E-mail: secretariaparoquial@pnsassuncao.org.br
Tel.: (22) 2643-0082

Bênção do Santíssimo Sacramento

Qui., às 18h (antes da Santa Missa), na Matriz Histórica

Batismo

Inscrições às terças, das 9h às 12h e 14h às 17h, na Matriz Auxiliar

Bênçãos de objetos (veículos, casas e outros)

Marcar previamente na Secretaria Paroquial

Matrimônio

Informações e entrega de documentos na Sec. Paroquial com a presença dos noivos