Anjo não é conto de fadas; é um espírito celeste e com personalidade própria.

Eles são muitos e diferentes uns dos outros, exatamente como nós que, como pessoas, somos diferentes uns dos outros e temos personalidades distintas. São superiores a nós, pois não precisam de um corpo, logo, não estão sujeitos às limitações que nosso corpo impõe.

A existência dos anjos é uma verdade de fé. Etimologicamente, anjo significa mensageiro, o que, como afirma Santo Agostinho, indica a função e não a natureza. Os anjos podem ser definidos, portanto, como “substâncias intelectuais, puramente espirituais, criadas por Deus e superiores aos homens”.

 

Como todas as personalidades que habitam no reino eterno, sua atividade principal é a de viver a beatitude que provém da presença e do conhecimento de Deus. O conhecimento gera amor e felicidade, e esta é a beatitude eterna. Mas os anjos têm, também, a tarefa de entrar em contato com o mundo, com o universo criado. São os “mensageiros” de Deus, os que executam projetos. Portanto, cada anjo tem tarefas bem determinadas.

A maioria dos estudiosos desta matéria acredita que os anjos protegem todas as atividades humanas. Há anjos encarregados de proteger os povos e as nações.

 

Ao nascer, cada homem recebe de Deus um presente maravilhoso: um anjo amigo que tem a tarefa específica de tomar conta desse homem. Esta é uma das verdades mais belas e reconfortantes da fé cristã. É uma realidade estupenda.

O anjo é um amigo e nos ama. Para o cristão, esta não é uma tradição devocional, uma ilusão piedosa, mas uma verdade de fé, ou seja, uma realidade absoluta, sancionada pela Palavra de Deus, da qual não se pode duvidar.



Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib

Expediente

Seg. a sex. 9h às 18h, Sáb. 9h às 12h
E-mail: secretariaparoquial@pnsassuncao.org.br
Tel.: (22) 2643-0082

Bênção do Santíssimo Sacramento

Qui., às 18h (antes da Santa Missa), na Matriz Histórica

Batismo

Inscrições às terças, das 9h às 12h e 14h às 17h, na Matriz Auxiliar

Bênçãos de objetos (veículos, casas e outros)

Marcar previamente na Secretaria Paroquial

Matrimônio

Informações e entrega de documentos na Sec. Paroquial com a presença dos noivos